Complicações

As complicações mais frequentes são o desconforto abdominal ou da orofaringe após o exame, que estão relacionadas com a própria endoscopia e não com a laqueação. A complicação mais frequente atribuível à laqueação elástica é a dor retro-esternal, que geralmente responde à medicação analgésica. O local onde foram aplicados elásticos pode ao fim de alguns dias ficar ulcerado e causar alguma dor ou mesmo hemorragia. 

Embora seja pouco frequente, esta técnica aumenta também o risco de perfuração do esófago e de desenvolvimento de estenoses esofágicas (redução do calibre do esófago).

Tratando-se de uma técnica invasiva, a endoscopia digestiva alta associada à laqueação elástica de varizes esofágicas pode ter ainda outras complicações graves podendo em casos raros levar à morte.

Se o exame for realizado com sedação ou com anestesia há riscos específicos associados aos fármacos utilizados nestas circunstâncias.