Indicações

De uma forma não exaustiva, apresentamos de seguida algumas indicações para dilatação endoscópica, dividas por segmentos do tubo digestivo:

  • Esófago: Neoplasia do Esófago; Esofagite Cáustica; Esofagite de Refluxo; Acalásia; Anel de Schatzki
  • Estômago e Duodeno: Estenoses Pilóricas Malignas ou Benignas; Estenoses de Anastomose Cirúrgicas 
  • Intestino Delgado e Cólon: Estenoses associadas com Doença de Crohn, Diverticulite, Enterite e Colite Rádica
  • Vias Biliares e Pâncreas: Colangite Esclerosante Primária, Estenoses pós-transplante hepático, Pancreatite Crónica, Colangiocarcinoma

A dilatação de uma estenose também é frequentemente utilizada como passo necessário para a posterior colocação de uma prótese.